Verbos auxiliares

Os verbos auxiliares são verbos que se juntam a uma forma nominal (infinitivo, gerúndio, particípio) de outro verbo para constituir a voz passiva, os tempos compostos e as locuções verbais.

  • Somos castigados pelos nossos erros. (voz passiva)
  • Tenho estudado muito neste mês. (tempo composto)
  • O professor havia chegado naquele momento. (locução verbal)

Os principais verbos auxiliares são:

  • ser;
  • ter;
  • estar;
  • haver;
  • ficar.

Nas locuções verbais apenas o verbo auxiliar é flexionado, indicando o tempo, o modo, o número, a pessoa e o aspecto da ação verbal.

Classificação dos verbos auxiliares

Geralmente, os verbos auxiliares são empregados para indicar o tempo, o modo, o número e a pessoa da forma verbal que acompanham.

São classificados em verbos auxiliares modais e verbos auxiliares aspectuais.

Verbos auxiliares modais

Os verbos auxiliares modais são aqueles que expressam como o locutor enxerga a ação verbal, indicando desejo, possibilidade e intenção.

Formam, junto com o verbo principal que aparece no infinitivo ou no gerúndio, uma locução verbal.

São verbos auxiliares modais: precisar, crer, saber, ter, poder, dever, etc.

  • Laura pode ganhar a competição.
  • Ele precisa cair para aprender a ter resiliência.

Verbos auxiliares aspectuais

Os verbos auxiliares aspectuais são verbos que expressam uma noção de aspecto, isto é, denotam a forma como a ação ocorreu.

Geralmente, indicam o início, a continuidade, a repetição e o fim da ação verbal.

Os principais verbos auxiliares aspectuais são: estar, continuar, começar, ir, vir, voltar, acabar, etc.

Assim como os auxiliares modais, os verbos auxiliares aspectuais formam uma locução verbal com um verbo principal que aparece no gerúndio ou no infinitivo.

  • Ela continua dizendo as mesmas mentiras.
  • Começaram a falar sobre as últimas notícias mundiais.

Emprego dos verbos auxiliares

Os verbos auxiliares de uso mais frequente são ter, haver, ser e estar. Esses verbos são empregados em situações e contextos frásicos específicos a fim de transmitir determinados sentidos.

Emprego dos auxiliares ter e haver

Os verbos ter e haver são utilizados principalmente em duas situações:

  • com o particípio do verbo principal, para formar os tempos compostos da voz ativa, denotadores de um fato acabado, repetido ou contínuo:
    • Tenho feito exercícios físicos.
    • Havíamos comprado muitos livros.
  • com o infinitivo do verbo principal antecedido da preposição de, para exprimir a obrigatoriedade ou o propósito de realizar o fato:
    • Tenho de fazer exercícios físicos.
    • Havemos de comprar muitos livros.

Emprego dos auxiliares ser e estar

O verbo auxiliar estar é empregado:

  • com o gerúndio do verbo principal para indicar uma ação durativa e continuada:
    • Estava dançando sozinho.
    • Estava estudando.
  • com o infinitivo do verbo principal antecedido da preposição por, para indicar que uma ação que já deveria ter sido realizada anda não o foi:
    • O trabalho está por terminar.
    • O texto ficou por escrever.
  • com o particípio do verbo principal para formar tempos da voz passiva de estado:
    • Estamos impressionados com a qualidade da apresentação musical.
    • Estou arrependido do que fiz.

O auxiliar ser é utilizado:

  • com o particípio do verbo principal, para formar os tempos da voz passiva de ação:
    • As atividades foram feitas por mim.
    • As flores foram compradas por nós.