Substantivo sobrecomum

Os substantivos sobrecomuns são os substantivos que têm um só gênero gramatical para designar pessoas de ambos os sexos.

Assim, não se distingue o gênero masculino do feminino pelo gênero do determinante (artigo, pronome, etc) que acompanha o substantivo:

  • o algoz;
  • o apóstolo;
  • o carrasco;
  • o cônjuge;
  • o indivíduo;
  • o verdugo;
  • a criança;
  • a testemunha;
  • a criatura;
  • a vítima;
  • a pessoa;

Para fazer a distinção entre os gêneros é necessário que sejam fornecidas indicações de pertencerem ao sexo masculino ou ao sexo feminino:

  • O cônjuge feminino decidiu pedir o divórcio.
  • Uma pessoa do sexo masculino invadiu a casa.

Exemplos

  • A guarda da criança, um menino de 10 anos, foi retirada dos pais.
  • A guarda da criança, uma menina de 10 anos, foi retirada dos pais.
  • Ele foi o algoz da condenação do réu.
  • Ela foi o algoz da condenação do réu.
  • A vítima era um jovem de quinze anos e, infelizmente, não sobreviveu.
  • A vítima era uma jovem de quinze anos e, infelizmente, não sobreviveu.

Substantivo sobrecomum e substantivo comum de dois gêneros

Tanto os substantivos sobrecomuns quanto os substantivos de dois gêneros apresentam uma só forma de escrita para o masculino e para o feminino.

Contudo, nos substantivos sobrecomuns não há nenhuma marcação de distinção de gênero, sendo necessário a indicação de informações que possam especificar o gênero do substantivo.

No caso dos substantivos comuns de dois gêneros, a distinção é feita pelo gênero do artigo (o, a, um, uma, etc) ou de outros determinantes (meu, minha, aquele, aquela, esta,…) que acompanham o substantivo.

  • O cônjuge feminino. (sobrecomum)
  • O cônjuge masculino. (sobrecomum)
  • O jovem. (comum de dois gêneros)
  • A jovem. (comum de dois gêneros)

Substantivos uniformes

Os substantivos sobrecomuns e os comuns de dois gêneros são subclassificações dos substantivos uniformes que são aqueles que possuem apenas uma forma para os dois gêneros.

Os substantivos uniformes são classificados em:

  • sobrecomuns: apresentam apenas um gênero gramatical para designar pessoas de ambos os sexos: a criança, o sujeito, o indivíduo, a testemunha, o cônjuge, a pessoa.
  • comuns de dois gêneros: apresentam apenas uma forma para ambos os gêneros gramaticais e distinguem o masculino do feminino pelo gênero do artigo ou de outro determinante que os acompanham: o estudante, a estudante; o agente, a agente.
  • epicenos: os nomes de animais que apresentam um só gênero gramatical para designar os dois sexos: a mosca, a águia, o besouro, o polvo, o rouxinol, o tatu, a baleia.