Pronomes de tratamento

Os pronomes de tratamento estão incluídos no grupo dos pronomes pessoais. São também chamados de formas de tratamento e são utilizados no trato com as pessoas.

Dependendo da pessoa a quem nos dirigimos, do seu cargo, título, idade, dignidade, o tratamento será familiar ou cerimonioso.

A maioria dos pronomes de tratamento são utilizados, principalmente, em tratamentos formais, quando o interlocutor ocupa cargos ou posições sociais elevadas e prestigiadas.

Usos do pronomes de tratamento

Eis os principais pronomes de tratamento, seguidos de suas abreviaturas, que, de modo geral, devem ser evitadas:

Você (v.)Usado no tratamento familiar, íntimo e informal.
O senhor (Sr.), a senhora (Sr.ª)Usados em tratamentos respeitosos e formais, quando existe um distanciamento entre os locutores. Senhor é utilizado quando o tratamento se dirige a homens, senhora é utilizado quando o tratamento se dirige a mulheres.
A senhorita (Srta.)Usado no tratamento de respeito ao se dirigir a moças solteiras.
Vossa Senhoria (V. Sª.)Usado para pessoas de cerimônia, principalmente na correspondência comercial e para funcionários graduados.
Vossa Excelência (V. Exª.)Usado em tratamentos cerimoniosos e respeitosos a pessoas com alta autoridade, como ministros, senadores, deputados, embaixadores etc.
Vossa Reverendíssima (V. Rev.mª )Usado em tratamentos respeitosos e cerimoniosos a sacerdotes, bispos e religiosos em geral.
Vossa Eminência (V. Emª.)Usado em tratamentos respeitosos e cerimoniosos a cardeais.
Vossa Santidade (V. S.)Usado em tratamentos cerimoniosos ao Papa.
Vossa Majestade (V. M.)Usado para reis e rainhas.
Vossa Majestade Imperial (V. M. I.)Usado em tratamentos respeitosos e cerimoniosos a imperadores.
Vossa Alteza (V. A.)Usado para príncipes, princesas e duques.

Concordância com os pronomes de tratamento

Os pronomes de tratamento se dirigem à 2ª pessoa do singular ou do plural, contudo a concordância verbal com eles deve ser feita sempre com a 3ª pessoa do singular ou do plural.

  • Vossa Majestade pode partir tranquilo para a sua expedição.
  • Vossa Excelência, suas opiniões são determinantes para o conselho tomar uma decisão.

A forma Vossa é utilizada quando falamos diretamente com a pessoa. Quando nos referimos à ela, isto é, quando falamos sobre ela, deve-se utilizar o pronome sua:

  • Certo dia, Sua Majestade o Rei Marcos I acordou ao som de tiros.
  • Informo que Sua Senhoria, o diretor principal do conselho, não poderá fazer atendimentos no dia de hoje.

Exemplos

  • Você é o meu melhor amigo.
  • O senhor pode me ensinar a ser uma boa pessoa?
  • Gostaria de marcar uma reunião com Vossa Excelência.
  • Estou ansioso pela missa que Vossa Santidade rezará próximo mês na cidade de São Paulo.
  • Senhorita, espero que tenha sido bem atendida em nosso estabelecimento.
  • Sua Majestade não está aqui.