Conjunções conclusivas

As conjunções conclusivas são conjunções coordenativas que expressam uma conclusão. Essas conjunções são utilizadas para ligar duas orações em que a segunda oração expressa a conclusão da ideia iniciada na primeira oração. Assim, as conjunções conclusivas são empregadas para iniciar uma conclusão.

  • As árvores balançam, logo está ventando.

As principais conjunções conclusivas são logo, pois, portanto e então. Entretanto, há outras conjunções que expressam conclusão.

Lista de conjunções conclusivas

  • logo;
  • portanto;
  • por conseguinte;
  • pois (posposto ao verbo);
  • por isso;
  • então;
  • desse modo;
  • consequentemente;
  • assim;
  • por consequência;
  • de modo que;
  • dessarte;
  • destarte;

Exemplos com conjunções conclusivas

  • Essa é uma substância tóxica, logo deve ser manuseada com acessórios de proteção.
  • Não recebi meu auxílio financeiro, portanto não tenho dinheiro para sair.
  • Fernanda estava se sentindo mal na escola, então foi para casa mais cedo.
  • Não saiu cedo, por isso chegou atrasado.
  • Os serviços dessa empresa são muito ruins, desse modo não a indico para ninguém.
  • Você é o proprietário do carro, por conseguinte é o responsável.

Uso das conjunções conclusivas

Nas orações, as conjunções conclusivas sempre devem ser precedidas por uma vírgula. Isso porque é gramaticalmente obrigatório o uso da vírgula antes de uma oração coordenada conclusiva.

  • As árvores balançam logo está ventando. (incorreto)
  • As árvores balançam, logo está ventando. (correto)
  • O mal é irremediável; deve pois conformar-te. (incorreto)
  • O mal é irremediável; deve, pois, conformar-te. (correto)

Conheça mais sobre as conjunções coordenativas.