Aspectos verbais

O aspecto verbal é uma categoria relacionada com o ponto de vista que se tem do processo verbal, isto é, se ele é visto como concluído ou não. Quando visto como concluído, o processo verbal pode ser observado no seu término ou no seu resultado. Quando visto como não concluído, poderá ser observado na sua duração ou na sua repetição. Assim, o aspecto também exprime a duração do processo verbal, podendo expressar se ele está no início, no desenvolvimento ou no fim.

A categoria de aspecto verbal é distinta da de tempo verbal, vejamos:

  • A Joana corria sempre. (pretérito imperfeito)
  • A Joana correu ontem. (pretérito perfeito)

Ambas as frases acima apresentam situações descritas em um momento anterior ao momento da fala, ou seja, ambas ocorrem no passado. Contudo, a situação descrita na primeira frase apresenta um hábito, isto é, uma situação composta de eventos recorrentes ao longo de um período. De maneira distinta, a situação expressa na segunda frase apresenta uma atividade que se encerra num certo momento do tempo. Entre essas frases, há uma oposição entre concluso e não concluso. Tal diferença sobre a perspectiva do ato de correr é denotada pela categoria aspectual do verbo. Assim, o aspecto está relacionado com a maneira que uma situação se desenrola no decorrer do tempo.

Classificação dos aspectos verbais

A gramática classifica o aspecto em quatro categorias opositivas:

  • aspecto perfectivo x aspecto imperfectivo
  • aspecto pontual x aspecto durativo
  • aspecto contínuo x aspecto descontínuo
  • aspecto incoativo x aspecto conclusivo

Aspecto perfectivo e aspecto imperfectivo

O aspecto perfectivo é utilizado para descrever um evento como um todo, isto é, sem considerar as fases do desenrolar do evento. Nesse caso, não há enfoque na constituição temporal interna do processo verbal, ele é visto sob o ponto de vista de uma totalidade. Ou seja, o evento é visto como concluído.

  • Jorge cantou maravilhosamente bem ontem.

O aspecto imperfectivo, por sua vez, é utilizado para descrever o evento dando focalização para o fato de que a situação se desenrolava no tempo, isto é, tinha fases ao longo do tempo. Nesse caso, a situação é vista como não concluída.

  • Jorge cantava maravilhosamente bem ontem, enquanto os dançarinos faziam uma bela coreografia.

Aspecto pontual e aspecto durativo

O aspecto pontual denota uma eventualidade que ocorre em um momento único e instantâneo.

  • Acabo de ler Cem anos de solidão.

O aspecto durativo descreve uma eventualidade que se estende por um determinado período de tempo.

  • Continuo a ler Cem anos de solidão.

Aspecto contínuo e aspecto descontínuo

O aspecto contínuo indica um processo verbal que se repete ao longo do tempo, isto é, que ocorre de forma continuada e frequente.

  • Estou estudando francês.

O aspecto descontínuo indica o recomeço de uma ação que era continuada, mas que foi interrompida.

  • Voltei a estudar francês.

Aspecto incoativo e aspecto conclusivo

O aspecto incoativo exprime um processo verbal considerado em sua fase inicial, assim, o foco da ação está no seu início.

  • Começou a chover de manhã.

O aspecto conclusivo expressa um processo verbal observado em sua fase final, assim, o foco da ação está no seu fim:

  • Parou de chover há trinta minutos.