Adjetivos biformes

Os adjetivos biformes são aqueles que têm duas formas diferentes, uma para o masculino e outra para o feminino:

Homem lúcidoMulher lúcida
Moço bonitoMoça bonita
Menino delicadoMenina delicada

Geralmente, os adjetivos devem sempre concordar com o termo ao qual se referem. Assim aceitam a flexão de gênero (masculino e feminino) e de número (singular e plural).

Os adjetivos biformes são aqueles que flexionam normalmente em gênero: belo/bela; fosco/fosca; arruinado/arruinada, etc.

Flexão de gêneros dos adjetivos biformes

A formação do feminino dos adjetivos biformes segue as mesmas regras de formação do feminino dos substantivos.

Os adjetivos biformes terminados em -o formam feminino com a substituição da vogal -ao pela vogal -a:

EstudiosoEstudiosa
FeioFeia
ChatoChata

Para formar o feminino dos adjetivos biformes terminados em -u, -ês e -or acrescenta-se a vogal -a:

NuNua
CruCrua
AndaluzAnduza
BurguêsBurguesa
SiamêsSiamesa
RoedorRoedora
TrabalhadorTrabalhadora

Os adjetivos biformes terminados em -ão formam feminino mudando para -ã ou -ona:

CidadãoCidadã
TemporãoTemporã
São
ChorãoChorona
FolgazãoFolgazona

Quando terminados em -éu (e aberto) os adjetivos biformes flexionam no feminino mudando para -oa:

TabaréuTabaroa
IlhéuIlhoa

Os adjetivos biformes terminados em -eu (e fechado) formam feminino mudando a terminação para -ia:

JudeuJudia
SandeuSandia
AteuAteia
HebreuHebreia
EuropeuEuropeia

Exemplos de adjetivos biformes

  • Ele fez um discurso bonito e também tem uma voz bonita.
  • A casa estava totalmente desorganizada, mas o quarto do garoto estava organizado.